Buscar
  • Andréa Benthien

Arquitetura Sensorial: Descubra elementos que podem mudar a sua experiência do morar


Foto: Déa Fylyk.

Conceito tendência na arquitetura, desenvolver elementos sensoriais para o projeto de uma residência pode mudar a experiência dos moradores. Esse estilo agrega melhorando o humor, bem-estar e qualidade de vida de toda família. De forma simples, mas com planejamento estratégico, esses pontos discretos fazem toda diferença na rotina do lar.


Foto: Déa Fylyk.

A composição do décor, além de uma questão visual e estética, também desenvolve características que agregam ao bem-estar do ambiente - um exemplo disso é a iluminação natural. Um projeto que destaca a incidência de luz solar pode ajudar no ritmo biológico dos moradores, além de valorizar o décor.


Foto: Déa Fylyk.

A escolha das cores é uma etapa importantíssima durante a obra, pois cada tonalidade pode ativar uma parte do cérebro proporcionando uma sensação. Cores mais vibrantes ativam a criatividade e descontração, já tons neutros oferecem uma atmosfera de acolhimento e aconchego.


Foto: Déa Fylyk.

As texturas são elementos super discretos que fazem toda diferença ao toque. Paredes trabalhadas, almofadas de um tecido nobre, mantas de crochê, cestos trançados, plantas e outros elementos que oferecem diferentes texturas podem transformar um ambiente frio em um espaço de personalidade e acolhedor.


Foto: Déa Fylyk.

Um ponto mais estrutural é a integração entre os ambientes, conectar os espaços permite uma conversa do décor em toda casa. Isso permite um maior contato entre os moradores da casa, proporcionando momentos únicos entre a família. Para as edificações que limitam esse estilo, é possível comunicar seguindo o mesmo conceito de décor nos principais cômodos de convívio.

25 visualizações